Crédito fumaça: entenda o que é e como funciona

Se você tem uma empresa, e já precisou pedir empréstimo, sabe a infinidade de requisitos impostos pelos bancos, que acabam criando barreiras para quem precisa de crédito agora. 

Muitas vezes, um dos critérios “de peso” para conseguir uma quantia é o seu tempo de relacionamento com aquela instituição bancária. 

Mas as inovações do mercado financeiro passam a transformar esse cenário, diminuindo as dificuldades e ampliando as possibilidades para quem é empresário. É o caso do surgimento do “crédito fumaça”, também conhecido como crédito com garantia de recebíveis futuros.

Entenda como essa modalidade de empréstimo - realizada através de maquininhas de cartão - pode oferecer novas possibilidades e mais facilidade na aprovação de empréstimo para empresas. 

Neste conteúdo, você vai saber o que significa crédito fumaça, como funciona e quais as vantagens desse modelo de empréstimo.

O que é e como funciona o crédito fumaça? 

O crédito fumaça é uma operação de empréstimo empresarial mais fácil, mais acessível e com menos burocracia, ou seja, diferente dos modelos tradicionais. Isso porque, como critério de análise, a instituição financeira estuda os recebíveis futuros da empresa. 

Ou seja, para aprovar um empréstimo, é avaliado o histórico de vendas da empresa nos últimos meses, via maquininhas de cartão. Com isso, a credora faz uma previsão do quanto ela tende a vender nos meses seguintes, para pensar em uma oferta de crédito adequada ao faturamento do empreendedor. 

Sendo assim, os recebíveis previstos servem tanto como fator de análise de crédito, como garantia, caso a empresa não consiga pagar as parcelas. Com isso, os riscos para a instituição financeira são reduzidos, o que é muito positivo, pois esse fator viabiliza e torna mais democrático o acesso a empréstimo para empresas. Sem contar que o crédito fumaça dispensa exigências ou garantias excessivas, como a retenção de bens da empresa. 

Veja na tabela abaixo a diferença do crédito fumaça para os modelos tradicionais: 

Qual a diferença entre antecipação de recebíveis e crédito fumaça?

Ao conhecer a operação crédito fumaça, é importante também saber distingui-la do modelo de crédito por antecipação de recebíveis. Se você não sabe, não tem problema, vamos explicar agora.  

A antecipação de recebíveis é o adiantamento do valor das vendas já realizadas, previsto para entrar nos próximos meses. Já o crédito fumaça avalia o histórico das transações realizadas nas maquininhas da empresa (dos últimos 6 meses), faz uma projeção das vendas futuras e, com base nisso, libera uma determinada quantia.

De forma mais clara, na antecipação de recebíveis você adianta um dinheiro que já é seu, pagando apenas as taxas desse serviço, que são descontadas automaticamente.

Já com o crédito fumaça, pode obter uma quantia maior em crédito. Isso porque o empréstimo não se restringe somente ao que sua empresa já vendeu. Suas vendas servem apenas como insumo para a previsão e estudo da proposta mais adequada. 

Nesta modalidade, as parcelas são debitadas da sua máquina de cartão, reduzindo os riscos de inadimplência e, assim, possibilitando melhores condições.

Material gratuito,
é só baixar:

Preencha as informações abaixo para começar a baixar seu material

Obrigado pelo seu interesse em nosso material